Tabali é uma vinícola que eu conheço já a algum tempo, pois gosto muito dos vinhos deles desde a época que eram importados pela Grand Cru. Hoje na World Wine, os vinhos deles continuam o sucesso que sempre foram, pois eles tem ótimos vinhos a custos honestos dentro da realidade de cada linha.
E tive a oportunidade de bater um papo e degustar alguns deles com o simpático e competente enólogo-chefe e CEO Felipe Müller e vou contar um pouco do que falamos e tomamos. Uma curiosidade é que a vinícola é muito nova – tem apenas 12 anos – e produz seus vinhos no longínquo Vale do Limarí, que fica a 400 km ao norte de Santiago, próximo ao Deserto do Atacama. Mas seus vinhedos se estendem por todo o Chile.

TALINAY CHARDONNAY 2013: Um vinho espetacular. Um chardonnay bem típico, que lembra muito abacaxi e baunilha que vem das barricas. Mas na boca, quando se espera uma madeira enjoativa e pesada, ele surpreende por ser muito elegante! Acidez maravilhosa, bom corpo e final longo! R$ 227,70.
TABALI RESERVA PINOT NOIR 2012: Sabem aquele padrão chileno de Pinots com muita fruta vermelha madura, misturadas com chocolate e madeira? Então, não tem nada a ver com este Pinot. Às cegas, dificilmente eu mataria que é um vinho chileno. Sem exageros em fruta ou madeira, chega a lembrar até azeitonas e ervas, e até uma cor mais clara, ele facilmente passaria por um elegante Borgonha, até por ter uma mineralidade bem legal. Uma ótima opção pelo custo x benefício. R$ 90,00.
TALINAY PINOT NOIR 2013: Aqui já temos algo mais próximo do que esperamos de um Pinot Top do Chile, sobretudo pela fruta madura e pela madeira, mas de novo, sem excessos. R$ 227,70
TABALI RESERVA CABERNET SAUVIGNON 2014: Um vinho intenso, com ameixas, chocolate e pimenta do reino. Acima de tudo, uma acidez que surpreende por ser um Cabernet. Taninos redondos, bem presentes, mas agradáveis. Sem a famosa goiaba e o eucalipto que tanto assolaram os chilenos por muito tempo. R$ 90,20.
TABALI RESERVA ESPECIAL BLEND 2012: Um corte muito bem feito de Syrah, Merlot e Cabernet Sauvignon. A maior parte de Syrah se explica por esta uva ser a principal tinta plantada por lá. E ela mostra as caras nas especiarias que se sente no vinho. Cravo, pimenta e frutas maduras, como amora e cereja. A madeira, apesar de ter um papel importante na estrutura do vinho pelos 18 meses, não atrapalha e não sobra. Um belíssimo vinho, encorpado e fresco, que tem muita guarda pela frente. R$ 195,80.
Mais uma vez tive a certeza de que a qualidade desta vinícola não somente se mantém, mas evolui cada vez mais. E as mãos e a visão de Felipe estão sendo essenciais para este sucesso!!!

 

CHEERS!!

EnoDeco no Instagram: http://instagram.com/enodeco

Siga o EnoDeco no Twitter!

Torne-se um fã do EnoDeco no Facebook!

Beba moderadamente! O excesso de álcool é prejudicial à saúde

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui